quarta-feira, 7 de abril de 2010

Intenções! (apimentadas)


Intenções nem sempre são boas como saber ou descobrir?
Eu não tenho idéia, ou melhor, algumas conjecturas, mas nada de concreto, pois em algumas situações as percebo boas ou más.
Sentada na varanda sentindo o aroma do mar vê um carteiro trazendo uma encomenda, requisita sua assinatura e lhe entrega um pequeno embrulho. Uma surpresa agradável veio de longe, de uma pessoa desconhecida, a mulher então observa e viaja ao olhar o selo colocado no pacote. O que parecia encantador começa a formigar, liberto do papel lá esta a prenda, com seu cheiro, mas o que e porque esta ali, ou chegou até ali?
Intenções e pretensões quais motivos, quando, onde, aonde, causa e consequência, seria então maledicência própria do ser humano e seu “pré conceito” de tudo que ainda não conhece ou não entende?
A mulher delicada e com grande vivencia apenas quis agradecer, sem nada pensar nas maldades do mundo, no interesse da troca que acaba sendo cobrada sutilmente e por vezes com suas inconveniências e cinismos.
Volta para sua confortável cadeira e continua a observar o lindo oceano que banha sua praia indo e vindo prateado nas noites de lua cheia, maior prenda não existirá, ao olhar vê desta vez seu amado trazendo nas mãos flores e as intenções esta linda mulher as conhece e com um sorriso recebe o presente com cheiro de amor e sinceridade. Estas ardentes intenções queimaram madrugada adentro.
*Esta é uma história criada por mim, qualquer semelhança será apenas coincidência.

14 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Uma bela história, realmente é difícil descobrir as intenções alheias.
Um abraço

quandoeumechamarsaudade disse...

Gostei da história e, principalmente, da sua volta.rs
Não vai embora mais não, as inspirações estão sempre com a gente!

Beijo fofa!


Estefani

Anônimo disse...

Que História maravilhosa meu encanto de pessoa você realmente esta no meu coração. Teu Amado Anônimo.

Por toda minha Vida disse...

Meu querido amado anônimo.

Obrigada, agora só falta você chegar com flores, até mais tarde, rsrsrsrsrsr, prenda minha...

sua Amada

Por toda minha Vida disse...

Obrigada Estefani,seu espaço esta cada vez melhor, adoro ir até lá.

Elian há muito não aparece, obrigada pelo gentil comentário e seu blog continua tudo.
Adorooooooo. Viva a Diversidade...

Renata

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

quem sabe o que no coração alheio há? serpente ou maçã?

Bordados e Retalhos disse...

Querida renata, obrigada pela visita e pelas carinhosas palavras no meu blog. Já estou te acompanhnado também. Deixo um grande abraço para selar o início dessa amizade virtual.

KINHA disse...

Olá

Vim agradecer sua visita e por seguires também. Seu blog é ótimo.Já estou seguindo.

Beijo

Vivi disse...

Oi Renata
Que carinho vc me visitar...e cá estou!!!rsrs
Gostei muito de seu blog viu!!! e voltarei rsrsrs
bjs

Misturação - Ana Karla Tenório disse...

Fascinante seu texto.
Vim para ficar.
Xeros!

Regina Rozenbaum disse...

Ah Renatita amada!
Agora sim...volta com tudo que lhe é de direito e com essa história mais linda e romântica...
Um final de semana florido procê! Sempre!!!Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

alegria de viver disse...

Olá querida
Obrigada pela visita.
Seu blog é lindo, as intenções são boas.
Com carinho BJS.

manuela baptista disse...

Renata

esta página está repleta de chocolate e de pimenta!

intencionalmente ou não

fico feliz por teres voltado!

beijos

Manuela

Jeanne disse...

Olá querida, certamente que por aqui as intenções são ótimas,rsrsrs...
Tudo muito legal, textos, borboletas leves, esse espaço inspira paz...
Beijos