quinta-feira, 18 de março de 2010

Escrever


Escrever é um prazer, relatar ou contar histórias, gritar no papel suas inquietudes, alegrias e rebeldia, prosear sobre amor, sedução, caminhar por um espaço branco e nele ir inserindo letras e mais letras que a cada linha traçada começa a bordar um texto.
Já li vários escritores e cada um com seu toque peculiar seu ponto e arremate. Aliás, tenho lido os mais variados bordados, coloridos, preto no branco, uns usam codinomes de flores, pássaros ou nomes que lembram musicas e poesias.
Não quero e nem tão pouco sou intelectual, acho pomposo e arrogante achar-se ou tentar ser, sendo não demonstra e a cultura é dada de bom grado a quem procura em páginas de um livro escrito de uma alma ausente.
Assim entre letras, folhas virtuais, as histórias vão passando de um até outro, atravessando mares, voando leve como pena. São douradas as letras que ficam no céu e coloridas ao saírem da terra.


5 comentários:

quandoeumechamarsaudade disse...

Escrever é mágico!!!!

Beijo moça! ;*

Estefani

SolBarreto disse...

Adorei seu post!

manuela baptista disse...

Bonito texto Renata!

e hoje dia de S. José, já aqui a Primavera se faz sentir com toda a força!

e aí Outono...

beijinhos

Manuela

Pelos caminhos da vida. disse...

Bonito texto!

Tem selinho "Dia do Blogueiro" lá no blog pra vc, sinta-se à vontade para aceitá-lo.

beijooo.

ONG ALERTA disse...

Tudo fica lá dentro do coração, paz.