quarta-feira, 11 de maio de 2011

Elizabeth


A fúria das ondas contra os rochedos, ferocidade da senhora vestida de branco a comtemplar às chamas em um oceano coberto de fanatismo, cegueira de um homem e suas inferioridades, as guerras são tolas, pois apenas destroem sonhos e interrompem vidas, talvez a vitória na guerra seja perder sabendo que matou menos e diminuiu a penitência imposta ao sangue que banha terra e mar...
·       Não importa quanto de ficção e romantismo foi somado a história de Queen Elizabeth, a beleza do filme e Catherine Elise Blanchett uma atriz fantástica.

5 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Renatinha, amada!
Bela escolha..." nós temos muitas fraquezas,sentimos demais,amamos demais, morremos cedo..."
Beijuuss n.a.

Veronica Fukuda disse...

Renata,
Amo a trilogia da Rainha Elizabeth!!!
Adoro a Cate Blanchett... Ela ENCARNA muito bem o papel de mulher forte, sábia e decidida que o personagem propõe...
adorei a Ana Carolina aqui, tb A- DO-RO!!!
bjo gde e obrigada pelas inspirações de hoje...

Misturação - Ana Karla disse...

Oi Renata!
Conheço a história mas nunca assisti o filme.
Uma bela escolha, né?
Vou anotar para lembrar.
Xeros

Wanderley Elian Lima disse...

Sabe que ainda não assisti? Vou baixar e ver. Valeu pela dica.
Bjux

Ricardo Calmon disse...

Um filme forte e belo,amei!

uma noite de paz

viva a vida